DICAS & GUIAS

Home > Dicas & Guias

Como Abrir Uma Empresa Na Califórnia

28 de abril de 2020

Imigração

Empresa, Empreendedorismo, Negócios

Está pensando em abrir o seu próprio negócio na Califórnia? Abrir uma empresa nos EUA é relativamente simples, especialmente se comparado às muitas burocracias brasileiras. 


Neste artigo reunimos tudo o que você precisa saber para começar o seu negócio no estado, além de tirarmos algumas das dúvidas mais comuns sobre empreendedorismo imigrante. 


Esse artigo faz parte da série “Como começar a vida na califórnia: Um guia completo para brasileiros”, clique aqui para conferir.

É preciso ter visto americano para abrir empresa na Califórnia?

Não poderíamos começar por nenhum outro assunto senão este. Sem dúvidas, esta é uma das primeiras perguntas que devem passar em sua mente se você pretende empreender nos Estados Unidos. 


A resposta é surpreendentemente positiva. Você não precisa ter visto americano e nem mesmo o SSN (Social Security Number) para abrir um negócio. A única coisa que você precisará ter em mãos é um passaporte válido. 


Isso porque você sequer precisa estar em solo americano para abrir uma empresa. Contudo, se deseja trabalhar em seu negócio, precisará ter em mãos um visto de trabalho, já que a exigência independe do fato de você ser proprietário ou não da empresa em que trabalha. 

Quanto custa abrir empresa nos Estados Unidos?

Todo bom empreendedor começa sua empresa com um planejamento detalhado, uma estimativa de investimento não pode ficar de fora desse plano. É por isso que esta pergunta é tão importante. 


Os custos para abrir uma empresa nos Estados Unidos variam bastante, e depende do tipo de negócio e do seu local de operação. O fato é que algo entre 100 e 2000 dólares pode ser suficiente para tirar seu projeto do papel. 

Quanto tempo demora para abrir uma empresa na Califórnia?

O tempo de abertura de uma empresa varia de acordo com as normas de cada estado, aqui a Califórnia oferece uma grande vantagem. O registro do seu negócio pode ser concluído em apenas uma semana e os documentos chegam no local escolhido por você.

Abrindo o seu negócio

Chegou o momento de abrir efetivamente o seu negócio, fizemos um passo a passo completo e detalhado para te ajudar, veja a seguir.  

Passo 1: Faça uma pesquisa de mercado

É a pesquisa de mercado que irá te dizer se transformar sua ideia em um negócio de sucesso é viável. 

Assim, você precisará responder algumas perguntas importantes sobre o seu negócio antes de começar: 

  • Existe procura pelo seu produto ou serviço?

  • Quantas pessoas se interessariam pela sua oferta?

  • Eles estão empregados?

  • Quanto ganham?

  • Onde vivem?

  • Onde seu negócio irá alcança-los?

  • Quantas opções similares seus futuros clientes já têm hoje?

  • Quanto eles pagam por essas alternativas hoje?

 

Temos um artigo completo sobre como coletar informações a respeito do seu público-alvo e sua concorrência, e como utilizar essas informações a seu favor.

SAIBA MAIS

Passo 2: Escreva seu plano de negócios

Um bom plano de negócios é essencial para o seu sucesso. Ele funcionará como um mapa que te ajudará a estruturar, gerenciar e expandir sua empresa. 

Além disso, você precisará tê-lo documentado se deseja conseguir investidores ou  empréstimos para o seu negócio.

Para começar, defina entre um plano de negócios tradicional ou enxuto. 

Plano de negócios tradicional: é um plano bastante detalhado, por isso requer um maior tempo de estudo e preparo. Se você for precisar de investidores e credores, provavelmente precisa utilizar esse modelo. 

Plano de negócios enxuto: este é um modelo de planejamento mais enxuto. É mais rápido de escrever, especialmente se comparado ao formato mais tradicional, e foca apenas em elementos essenciais. 

Temos um artigo completo sobre plano de negócios, entenda as diferenças e descubra qual deles é a melhor opção para o seu caso. 

SAIBA MAIS

Passo 3: Consiga capital

Partindo de seu plano de negócios será fácil enxergar quanto dinheiro será necessário para tirar sua ideia do papel. Se você não tem todo o capital estipulado em mãos poderá trabalhar para angariar fundos.

Neste sentido, você precisa passar por três etapas: 

  • Descubra quanto de dinheiro irá precisar 

  • Procure investidores 

  • Apresente seu projeto, negocie e convença 

Quer aprender a fazer isso? Leia nosso artigo completo sobre o tema clicando em saiba mais. 

SAIBA MAIS

Passo 4: Escolha a localização de sua empresa

Seja sua empresa uma loja física, ou um negócio tocado 100% via telefone ou internet, escolher seu endereço é um passo essencial que afetará quantos impostos você irá pagar e quão custoso será seu processo de abertura.

Avalie suas opções com bastante carinho. 

SAIBA MAIS

Passo 5: Escolha a estrutura legal de sua empresa

Quer você opte por estruturar sua empresa como uma sociedade (partnership), empreendimento individual (sole proprietorship), corporação (corporation), ou outra opção, as consequências dessa decisão irão te acompanhar por toda a vida útil de seu negócio.

Clique em saiba mais e acesse nosso artigo sobre este tema, você encontrará detalhes sobre cada tipo de negócio e uma excelente análise comparativa. 

SAIBA MAIS

Passo 6: Escolha o nome de sua empresa

Escolher o nome perfeito não é fácil, afinal, ele acompanhará para sempre o seu negócio. Além de escolher o nome ideal, você precisará saber como registrá-lo.

  • Nome da entidade: o nome da entidade protege a sua empresa em nível estadual, é a maneira pelo qual o estado identificará a organização. 

  • Marca comercial: Registrar uma marca comercial protege o nome da sua empresa, seus bens e serviços em nível nacional.

  • Nome Fantasia (DBA): Apesar de não oferecer nenhuma proteção legal, se você utiliza uma nome fictício, deve fazer o registro, pois é uma exigência da maioria dos estados. 

  • Nome de domínio: O nome de domínio, também conhecido como endereço do site ou URL, é uma maneira de marcar presença e criar uma identidade digital, ninguém poderá utilizar a sua marca, senão você.

Quer saber mais? Temos um artigo especialmente voltado para este tema. 

SAIBA MAIS

Passo 7: Registre sua empresa

Hora de transformar sua empresa em uma entidade legal distinta e proteger sua marca. O que determina como deve ser registrada sua empresa é a estrutura que você escolhe para ela e a sua localização. Com isso definido, processo de registro será simples e rápido.

Para maioria dos pequenos negócios, registrar sua empresa equivale a simplesmente registrar seu nome com o governo estadual e local. Em alguns casos, nem é necessário se registrar.

SAIBA MAIS

Passo 8: Obtenha seu “Tax ID” federal e estadual

Também conhecido como employe Identification Number (EIN), seu Tax ID será necessário para caso precise contratar empregados, abrir uma conta de banco, solicitar uma licença para trabalhar e de forma geral, pagar impostos federais. Ou seja, não tem muito como evitar. 

O processo para obtenção do EIN é simples e gratuito, você deve fazê-lo assim que registrar seu negócio.

Para solicitar seu EIN basta utilizar essa ferramenta do IRS (Internal Revenue Service). Você deverá responder algumas perguntas e informar seu nome, social security number, endereço e nome fantasia da empresa “Doing Business As - DBA”. Ao final, recebe de imediato um número de 9 digitos que é seu Tax ID.

SAIBA MAIS

Passo 9: Obtenha os “alvarás” necessários

Nos Estados Unidos, os termos apropriados são “Licenses” e “Permits”.

  • Licenses: são autorizações mais genéricas para que empresas e pessoas exerçam uma atividade ou usem algum produto ou ferramenta específica. Licenças implicam em competência, sendo muitas vezes exigidas para profissões perigosas, e o processo de obtenção delas pode exigir um teste.

  • Permits: normalmente são concedidos por razões de segurança. Temos como exemplo comum os health permits exigidos de restaurantes. O processo de obtenção de permissões pode requerer inspeções.

SAIBA MAIS

Passo 10: Abra sua conta bancária empresarial

Uma conta-corrente empresarial pode te ajudar a se organizar financeiramente e te permitir receber pagamentos. É muito fácil criar a sua, basta ter seu “Tax ID”.

Escolha com carinho o melhor banco avaliando os seguintes fatores:

  • Ofertas introdutórias

  • Taxas de juros de cheque especial

  • Taxas de juros para linhas de crédito

  • Taxas de transação

  • Taxas de rescisão antecipada

  • Taxas mínimas de saldo da conta

  • Taxa de desconto: valor cobrado por transação 

  • Taxas do Serviço de Verificação de Endereço (AVS)

  • Taxas diárias de lote ACH: valores cobrados para liquidar ações com cartão de crédito em um determinado dia 

  • Taxas mínimas mensais: valor cobrado caso sua empresa não realize às transações mínimas previstas

 

SAIBA MAIS

É isso! Ficou com alguma dúvida? O nosso grupo no Facebook reúne diversos empresários brasileiros nos Estados Unidos, você encontrará uma comunidade super receptiva pronta para te ajudar. Faça parte!  


Gostou? Compatilhe

Posts relacionados

Notí­cias importantes sobre processo de mudança ou extensão de status nos EUA

5 Dicas para Submeter Seu Caso à Imigração sem Advogado

Assine Nossa Newsletter